abril 13, 2010

Autonomia da Felicidade

Desde que eu comecei terapia, eu tenho mais certeza de uma coisa: vc, e só vc, é totalmente responsável pela sua felicidade. Ok, eu sei que isso é mto cliché. Mas é verdade, e é mto mais do que frase de efeito. E quanto antes vc admitir isso, melhor para vc. It´s a win-win situation!
Esse é um post desabafo, porque desde que voltei do RJ, esses pensamentos não saem da minha cabeça. Algumas coisas nos fazem tão bem, só que a gente nem se dá conta, só quando as está vivendo. E como faz agora? Voltei pra realidade da minha rotina? É planejar a próxima etapa, pensar como alongar ou incluir esse sentimento na sua vida. Permanentemente.

Só que ter autonomia da própria felicidade não é fácil. Isso significa domar os seus medos, ter muito auto conhecimento, e principalmente, ter coragem. Muita coragem. Além de ter sempre uma ponta do olho no longo prazo. Ou no médio prazo, eu diria.

E, eu juro, que eu não consigo tirar o filme Julie & Julia da minha cabeça. Eu já falei dele aqui, e posso até estar me repetindo. Mas todos nós devíamos ter projetos paralelos, projetos que são só nossos, mesmo compartilhados com todo mundo. Projetos que podem nascer pequenos, mas que fazem diferença no dia a dia. Esses projetos são uma forma de ganhar autonomia, de estar com as rédeas da sua felicidade.

Eu até tenho alguns exemplos, como o blog da Gi sobre crianças, o brechó online da Rê e novos investimentos em fotografia da Cris. Só pra citar alguns!

Foi ser feliz?

3 comentários:

Rê Moreira disse...

Rá eu fui exemplo em alguma coisa!
Ótimo post.

Maria Helena disse...

Felicidade é de dentro pra fora.
parece lugar comum né? Mas é bem isso.Não adianda "encher linguiça",se intupir de coisas pra fazer e pensar.Isso até aumenta o vazio e a inquietação.
Felicidade é um sentimento!

Anônimo disse...

felicidade nao significa apenas se a pessoa esta feliz mais q todos em redor dela esteja!felicidade algo q nao afeta apenas vc mais sim todos em redor!!