outubro 26, 2009

Corre Carlinha, Corre!

Esse final de semana, descobri algo muito óbvio, mas que vai fazer uma grande diferença na minha vida. No domingo, participei do Festival de Corridas da CORPA, aqui em Porto Alegre. E pela primeira vez, consegui percorrer os 5km correndo - sem dar aquela paradinha por falta de ar ou uma caminhadinha pra descansar as pernas! Isso foi d+ pra mim.

Mas eu já corri outras vezes, estando mais preparada. O que fez a diferença então? Não pude evitar - mulher que sou - de tentar analisar essa situação.

A resposta é muito simples: parei de escutar AS VOZES, e curti o percurso e a música. Essas vozes - conhecidas tb como diabinho e anjinho, consciência, eu interior, alma, alucinações de Ally Mcbeal, "mini-me" ou seja lá o que for - que sempre me atormentam quando eu corro: "vc não vai conseguir, vc não está preparada, todo mundo vai entender pq vc desistiu, olha essa dor na perna que pode ser algo sério, outra dor agora no tornozelo, se eu fosse vc parava..." JUST SHUT UP!!!

Correndo em dupla, parece que fica mais fácil de ignorar essas vozes. Tenho uma super parceira de corrida, que tá muito pilhada, o que facilita bastante, porém eu deveria conseguir correr sozinha também. Na verdade, todo mundo diz que na corrida, vc está competindo consigo mesmo: quer fazer um tempo/desempenho/resistência/velocidade/respiração melhor do que antes. Pra mim, o principal desafio é superar as barreiras emocionais mesmo.

A minha dúvida é: ok, já identifiquei que as vozes me atrapalham na corrida. Mas em que outras partes da minha vida elas tb não permitem que eu cresça, que eu vá atrás do que gosto, do que quero? O quanto ela me atrapalha de verdade? A terapia ajuda a diminuir a força dessas vozes... mas mesmo assim fica a dúvida.

Bom, a melhor parte da corrida foi ouvir o "tun, tun, tun, tun..." dos passos dos corredores a minha volta... Quando a música parou e ouvi fiquei mega arrepiada. Deu 1 segundo e a Stella, correndo do meu lado, diz: "Vc está escutando isso?!". Show!

(a Stella, o Fausto e eu antes da corrida, mega empolgados às 7h30 da manhã)

(e quase no final da corrida já! Fotinho do site, que eu não paguei...)

4 comentários:

Gabriela disse...

Aeeee!!! Parabéns, Carlinha!! Também tô nessa! Nos vemos na Maratona da Paquetá, então? :)
Show, mesmo, o silêncio e as passadas! Adoro muito! Aliás, adoro teus textos, amiga!
Beijos no coração!

gisele.artes disse...

Só de levantar cedo domingo de manhã para ir correr as 7:30, vc já merece uma medalha! #bemcapaz! #countmeout

Daniella disse...

há 3 anos veio correndo meia-boca, só por causa das vozes. chega nos 3km, eu paro, porque ouvi as barbaridades que elas me disseram. que vontade de colocar essa gente toda no mute!

parabéns, carlinha!

Carlinha Link disse...

Que bom que vcs gostaram gente! Vamo que vamo na Paquetá!